São Paulo, SP, 19/12/2018
 
04/12/2016 - 20h05m

Governo da Bolívia abre processo contra companhia que transportou Chapecoense

Agência Ansa/Agência Brasil 

La Paz, Bolívia - O ministro de Obras Públicas da Bolívia, Milton Claros, anunciou neste domingo (4) a abertura de uma causa contra a Lamia para saber como a companhia aérea recebeu autorização para operar no país. As informações são da Agência Ansa.

Segundo ele, já foram encontrados indícios de tráfico de influência e omissão de denúncia. Um gerente da empresa teria relações diretas com um servidor da Direção Geral de Aeronáutica Civil (Dgac), espécie de Anac boliviana.

“Nos chama atenção que exista uma ligação entre servidores e essa companhia aérea. Vamos até o fim nesse assunto”, garantiu o ministro. A Lamia operava o avião que caiu nos arredores de Medellín, na Colômbia, com a delegação da Chapecoense, matando 71 pessoas.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro