São Paulo, SP, 19/12/2018
 
14/02/2017 - 21h42m

Governo da China surpreende e condena na ONU o teste de míssil da Coreia do Norte

Agence France Press/Agência Brasil 

Pequim - O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou por unanimidade, em reunião de emergência realizada ontem (13), o teste de um míssil norte-coreano e pediu aos países-membros que redobrem os esforços para que as sanções impostas à Coreia do Norte sejam aplicadas.

Em nota, o conselho diz "deplorar as atividades de mísseis balísticos da República da Coreia do Norte, que contribuem para o desenvolvimento do sistema de armas nucleares do país e o aumento da tensão". As informações são da Agência France-Presse (AFP).

O texto da ONU também lamenta que o país asiático esteja destinando recursos para esse tipo de atividade, em detrimento das grandes necessidades de seus cidadãos. A surpresa ficou por conta da condenação dos testes norte-coreanos pela China, tradicional aliada do regime de Pyongyang.

A China é o maior aliado da Coreia do Norte e destino de 70% das exportações norte-coreanas. Pequim ainda mantém um diálogo importante com os norte-coreanos, mas parece estar perdendo a paciência com a situação.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro