São Paulo, SP, 19/10/2018
 
09/01/2017 - 16h57m

Governo de São Paulo recorre contra liminar que veta o reajuste das tarifas de ônibus

Agência Brasil/Flávia Albuquerque 

São Paulo - O governo de São Paulo informou que vai recorrer da liminar do Tribunal de Justiça paulista que suspendeu - na última sexta-feira (6) - o reajuste nas tarifas de integração entre ônibus e trilhos em São Paulo. Como o governo não foi notificado da decisão judicial, o aumento está em vigor desde ontem (8) para os passageiros na Grande São Paulo.

Segundo o secretário estadual de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni, o governo estadual ainda não foi notificado e assim que receber a notificação vai avisar as empresas e recorrer imediatamente.

“Acreditamos que a medida é mais acertada e que a politica tarifária nesse momento é a melhor, porque vai abranger maior número de usuários que não sofrerão nenhum tipo de aumento. Vale destacar que, mesmo metade das pessoas que usam integração, pagam com o vale-transporte, que é pago pelo empregador. Somando as gratuidades, temos cerca de 70% do sistema não sofrendo nenhuma majoração”.

A integração foi reajustada de R$ 5,92 para R$ 6,80.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro