São Paulo, SP, 13/11/2019
 
17/07/2016 - 01h32m

Gravador de avião da EgyptAir que caiu no Mediterrâneo registra a palavra "fogo"

Agência Brasil/Agência Ansa 

Cairo - A análise do gravador de voo do avião da EgyptAir que caiu no Mediterrâneo no último dia 19 de maio, com 66 pessoas a bordo, revela que a palavra "fogo" foi pronunciada pelos pilotos antes do choque contra o mar.

A informação foi divulgada pela comissão de inquérito egípcia que apura as causas do desastre aéreo. No entanto, os investigadores disseram que é "prematuro" tirar conclusões a partir disso. No fim de junho, a comissão de inquérito havia anunciado que os dados extraídos de uma das caixas-pretas da aeronave eram compatíveis com alarmes de fumaça na cabine.

Além disso, os pedaços da fuselagem já encontrados mostram sinais de danos provavelmente causados por altas temperaturas. O avião, um Airbus A320-232, viajava de Paris para o Cairo.

A hipótese de terrorismo não está descartada.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro