São Paulo, SP, 24/06/2019
 
26/05/2016 - 13h09m

Greve geral na França atinge depósitos petrolíferos, postos de gasolina e transportes

Agência Brasil/Agência Lusa 

Paris - Os bloqueios dos centros industriais e de infraestruturas de transportes multiplicam-se hoje (26) na França, especialmente nas plataformas petrolíferas e centrais nucleares, em ações de protesto contra a reforma trabalhista.

A Confederação Geral do Trabalho indicou que a paralisação atinge as 19 centrais nucleares do país – que geram mais de 75% da eletricidade na França – mas não acredita que sejam desligados os 58 reatores, antes da redução da carga produzida.

O acesso a muitos depósitos petrolíferos estava pela manhã fechado por piquetes de greve, mesmo depois de as autoridades terem sido chamadas a agir em 11 bloqueios nos últimos dias. Aliás, seis das oito refinarias do país encontram-se total ou parcialmente fechadas, segundo a União Francesa de Indústrias Petrolíferas.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro