São Paulo, SP, 24/05/2018
 
08/08/2015 - 21h47m

Grupo de haitianos é baleado na rua do Glicério, na região central de São Paulo

Agência Brasil/Fernanda Cruz 

São Paulo - Seis haitianos foram baleados no último sábado (1º), na Rua do Glicério, no centro da capital paulista, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. As vítimas foram atingidas na altura do quadril e das pernas e não correm riscos, embora dois deles ainda estejam com as balas alojadas.

Segundo a secretaria, os haitianos foram socorridos inicialmente na Assistência Médica Ambulatorial, na Sé, que atende casos de baixa e média complexidade, mas precisaram ser transferidos para a Santa Casa de Misericórdia, onde receberam alta. Os dois haitianos que continuam com as balas passarão por avaliação no Hospital do Tatuapé para saber se precisarão remover os projéteis.

O padre Paulo Parisi, responsável pela Paróquia Nossa Senhora da Paz, que recebe os imigrantes na Rua do Glicério, informou que ainda não sabe se os atiradores agiram por xenofobia ou por vingança, já que um haitiano teria recuperado a bolsa de uma mulher que havia sido assaltada no Glicério e devolvido a ela.

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania informou que consta no Boletim de Ocorrência, registrado no 8° Distrito Policial no Brás, que “um dos ocupantes de um veículo que passava no local teria gritado “haitiano!” e logo depois disparado contra as vítimas”.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro