São Paulo, SP, 15/10/2018
 
07/12/2014 - 20h04m

Guantánamo

 

Os seis prisioneiros que estavam na Base Militar de Guantánamo, em Cuba, chegaram neste domingo, 7, em Montevidéu, a capital do Uruguai. A transferência é resultado de um acordo entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o presidente uruguaio, José Mujica.

Guantánamo, uma base norte-americana encravada em plena Ilha de Cuba, apesar dos protestos de Fidel Castro, ainda tem 136 prisioneiros. O Departamento de Defesa dos Estados Unidos procura desesperadamente países da América do Sul que  aceitem mais alguns deles. Tudo para cumprir a promessa de Obama de encerrar as atividades da Base.

O Brasil foi consultado, mas ainda não deu resposta oficial. Dos seis prisioneiros que chegaram ao Uruguai e levarão vida normal, sem monitoramento dos órgãos de segurança, quatro são sírios, um é palestino e o outro tunisiano.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro