São Paulo, SP, 20/08/2019
 
30/12/2015 - 11h14m

Guiné é declarada livre do ebola e entra em período de vigilância

Agência Brasil/Paula Laboissière  
Agência Brasil/Tânia Rêgo
Segundo a OMS, a Guiné entra agora no que foi definido como período de alta vigilância
Segundo a OMS, a Guiné entra agora no que foi definido como período de alta vigilância

Brasília - A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na terça-feira (29) o fim da transmissão do vírus ebola na Guiné. De acordo com a entidade, se passaram 42 dias desde que a última pessoa diagnosticada com a doença no país apresentou resultado negativo em testes feitos após o tratamento.

Ainda segundo a OMS, a Guiné entra agora no que foi definido como período de alta vigilância, numa tentativa de garantir que qualquer novo caso de ebola seja identificado rapidamente pelas autoridades sanitárias, antes que o vírus possa infectar para outras pessoas.

“O fim da transmissão do ebola na Guiné marca uma importante conquista em meio à epidemia da doença no Oeste da África. A cadeia de transmissão originária começou há dois anos em Gueckedou, na Guiné, no fim de dezembro de 2013 e fez com que o surto se espalhasse para os vizinhos Libéria e Serra Leoa e, finalmente, por meio de viagens por terra e ar, para sete outros países”.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro