São Paulo, SP, 22/09/2019
 
28/02/2014 - 11h55m

Hemocentro alerta para necessidade imediata de doação de sangue

Agência Brasil/Flávia Albuquerque 
Agência Hoje/Arquivo
Hospitais tentam reverter queda na doação de sangue no período de carnaval
Hospitais tentam reverter queda na doação de sangue no período de carnaval

São Paulo - O Hemocentro da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) faz um alerta para que as pessoas doem sangue para abastecer o Hospital São Paulo e os bancos de outros hospitais da zona sul da capital paulista. Segundo a responsável pelo Hemocentro, Maria Angélica de Camargo Soares, durante o período que antecede o carnaval as doações de sangue normalmente caem até 50%.

Maria Angélica explica que as doações precisam ser feitas antes do feriadão porque todo o sangue passa por exames e só é disponibilizado para uso no dia seguinte. Mas, quem quiser ajudar pode ainda comparecer à unidade amanhã (1º). “O sangue passa por exames de tipagem, HIV, hepatite B e C, doença de Chagas, sífilis, HPLV”.

De acordo com Maria Angélica, os tipos negativos e O são os mais raros e precisam ter estoques altos devido aos tratamentos rotineiros e ao aumento no número os acidentes. “Como as pessoas viajam mais há aumento de acidentes e muitas vezes é preciso mais de uma bolsa de sangue em determinadas cirurgias. Nesta época geralmente trabalhamos no limite do estoque”.

Podem doar sangue indivíduos com idade entre 16 a 69 anos, que tenham mais de 50 quilos e sejam saudáveis, sem antecedentes de risco para a transmissão de doenças como hepatites e aids. Para doar basta ir ao Hemocentro, localizado na Rua Diogo de Faria, 824, esquina com a Rua dos Otonis, na Vila Clementino, com um documento com foto. Não pode estar em jejum.

O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30, e aos sábados, das 8h às 13h. Não haverá funcionamento nos dias 3 e 4 de março.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro