São Paulo, SP, 15/09/2019
 
07/06/2016 - 11h38m

Hillary Clinton alcança número mínimo de delegados para ser indicada dos democratas

Agência Brasil/José Romildo 

Estados Unidos - A candidata Hillary Clinton obteve na noite de segunda-feira o número de delegados necessários para concorrer às eleições a presidente dos Estados Unidos, em novembro deste ano, pelo Partido Democrata. Com o resultado, Hillary passa a ser a primeira mulher da história americana a representar um grande partido político em eleições presidenciais.

Ao contrário do previsto, Hillary Clinton não precisou esperar as prévias que se realizam nesta terça-feira (7) em seis estados para garantir a indicação como candidata. Nesta terça-feira, haverá primárias nos seguintes estados: Califórnia, Novo México, Nova Jérsey, Montana e Dakota do Sul. Em Dakota do Norte haverá assembleia (caucus).

O cálculo sobre o número de delegados que apoiam Hillary foi feito com base em levantamentos e entrevistas para sentir a tendência de votos dos superdelegados na Convenção Nacional do Partido Democrata, prevista para julho.

Os primeiros resultados das prévias de Porto Rico, realizadas no último domingo (5), indicavam que Hillary Clinton precisaria ainda do apoio de 23 delegados para alcançar o mínimo necessário para ser a indicada do partido, segundo a agência de notícias Associated Press. Porém, a agência aprofundou a pesquisa e descobriu, ontem, que Hillary já tinha alcançado os 2.383 delegados necessários para garantir a nomeação partidária.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro