São Paulo, SP, 15/10/2018
 
12/04/2016 - 15h00m

Hipertensão pulmonar exige cuidado médico na hora do diagnóstico

Agência Hoje* 
Reprodução
Remédio da Bayer combate hipertensão pulmonar, doença de diagnóstico difícil
Remédio da Bayer combate hipertensão pulmonar, doença de diagnóstico difícil

São Paulo (Agência Hoje/Avay Miranda Júnior, enviado especial*) - Sentir falta de ar e fadiga durante atividades diárias, tais como subir escada ou pentear o cabelo, pode ser um indício da Hipertensão Pulmonar Tromboembólica Crônica. Conhecida pela sigla HPTEC, ela é uma das principais causas da Hipertensão Pulmonar - HP.

A HP é um distúrbio que ataca o coração e os pulmões, fazendo com que a pressão do sangue no interior das artérias pulmonares se eleve, o que acarreta uma sobrecarga no coração, que passa a fazer mais força para bombear o sangue para o pulmão. Esta sobrecarga no coração pode levar à Insuficiência Cardíaca e à morte do paciente.

Esta doença é grave e progressiva e com o passar do tempo ocorre formação de coágulos nas artérias do pulmão que, na medida em que o tempo avança, fibrosam, obstruindo os vasos e impedindo a circulação do sangue, impedindo as trocas gasosas e provocando os sintomas da doença.

A doença é rara e sua patologia é pouco difundida e é desconhecida pela maioria das pessoas, incluindo aí o grupo dos médicos. Se os médicos não conhecem, os portadores da doença tem que percorrer um longo caminho para obter um diagnóstico preciso.

Segundo Caio Julio César dos Santos Fernandes, médico do Grupo de Circulação Pulmonar do INCOR – Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, o tempo decorrido entre a identificação dos sintomas e o correto diagnóstico da doença pode durar 14 meses ou mais.

A médica gaúcha Gisela Martina Bohns Meyer, coordenadora do Serviço de Hipertensão Pulmonoar da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre explica que existem muitas opções de tratamento para a HP, desde o clínico até o cirúrgico.

O cirúrgico é a primeira opção de tratamento, devido ao seu caráter curativo. No entanto, existem muitos pacientes que não podem ser operados, devido às características de sua doença. Para estes, agora no Brasil existe uma novidade terapêutica.

Uma molécula desenvolvida pela empresa Bayer e aprovada pelos órgãos de saúde já está disponível no mercado. Este medicamento, primeiro e único no mercado brasileiro para esta causa de hipertensão pulmonar, foi aprovado pela Anvisa com o nome comercial de Adempas (riociguate).

* Avay Miranda Júnior viajou com passagem aérea fornecida pelos organizadores

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro