São Paulo, SP, 14/12/2018
 
28/11/2016 - 23h39m

INSS tira dúvidas sobre aposentadoria na Estação Barra Funda da CPTM

Agência Hoje* 
Ciete Silvério
Usuários da Linha 7 Rubi poderão tirar dúvidas sobre INSS na quarta, quinta e sexta-feira
Usuários da Linha 7 Rubi poderão tirar dúvidas sobre INSS na quarta, quinta e sexta-feira

São Paulo - As pessoas que têm dúvidas sobre o INSS, aposentadorias e assuntos ligados ao órgão poderão esclarecê-las a partir de quarta-feira, 30, na Estação Barra Funda da CPTM. O serviço é gratuito e será mantido até sexta-feira, dia 2 de dezembro.

A ação é dirigida preferencialmente para usuários da Linha 7-Rubi e 11-Coral da CPTM. Todos terão acesso facilitado ao Programa de Educação Previdenciária do INSS.

Colaboradores do órgão estarão disponíveis para falar sobre a nova regra para aposentadoria por tempo de contribuição que está gerando muitas dúvidas entre os segurados, além de informações a respeito de aposentadorias especiais, por invalidez, salário maternidade, família, benefícios, auxílio doença e outros assuntos.

Além disso, também serão distribuídos materiais informativos sobre Cidadão Idoso, Direitos dos brasileiros com relação a Previdência Social, Aposentadoria Especial.

O Pep, do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), completou 16 anos em fevereiro. Foram mais de 85 mil ações, que beneficiaram cerca e 10,5 milhões de pessoas. Criado no ano 2000, o programa tem por objetivo promover a inclusão de trabalhadores no Sistema Previdenciário, divulgar políticas públicas e valorizar a cidadania.

SERVIÇO

Programa de Educação Previdenciária do INSS - Tire suas Dúvidas

De 30/11 a 2/12

Horário: das 10h às 16h

Local: Estação Palmeiras-Barra Funda, linhas 7-Rubi e 8-Esmeralda

Custo: Grátis para usuários da CPTM

Situação: usuários poderão receber informações e tirar dúvidas no Programa de Educação Previdenciária do INSS

* Com informações do Portal do Governo do Estado de São Paulo

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro