São Paulo, SP, 20/06/2018
 
02/11/2016 - 19h48m

Justiça decreta prisão de 3 suspeitos de participar da morte de dentista no Rio

Agência Brasil/Cristina Indio do Brasil 

Rio de Janeiro - A justiça do Rio de Janeiro aceitou o pedido de prisões temporárias de Ademilson Luiz Guedes Costa, Rafael Alves Peixoto e Douglas de Melo, feitos pela delegada Marcela Ortiz, da Delegacia de Homicídios da Capital (DH), com base em provas de investigação.

Os três são suspeitos de participação na morte da dentista Priscila Soares Nicolau dos Reis, 37 anos, na segunda-feira (31), na Estrada de Furnas, no Itanhangá, zona oeste do Rio, com base nas provas.

A Polícia Civil do Rio identificou os três após a prisão de Ademilson e de Rafael, ontem (1º), por policiais do 31º Batalhão de Polícia Militar, durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar. Eles deixavam a mata que cerca a comunidade do Morro do Banco, próximo ao local em que a dentista foi morta.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro