Justiça do Rio de Janeiro mantém prisão preventiva de torcedores do Corinthians - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 18/08/2018
 
26/12/2016 - 21h46m

Justiça do Rio de Janeiro mantém prisão preventiva de torcedores do Corinthians

Agência Brasil/Paulo Virgilio 

Rio de Janeiro - O juiz Marco José Mattos Couto, do plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), indeferiu hoje (26) o pedido de revogação de prisão preventiva de 14 integrantes de torcidas organizadas do Corinthians.

Eles estão presos desde 24 de outubro, após se envolverem em uma briga com policiais militares nas arquibancadas do Estádio do Maracanã, durante o jogo entre o Flamengo e o time paulista, pelo Campeonato Brasileiro.

Em função do período de recesso forense, que vai de 20 de dezembro até 7 de janeiro, o pedido feito pela defesa dos acusados ocorreu no plantão judiciário do TJRJ. Os advogados argumentaram que desde a prisão dos torcedores até hoje não foi designada audiência de instrução e julgamento para os acusados, o que, em razão do excesso no prazo de prisão cautelar, “imporia a expedição de alvarás de soltura”.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro