Justiça Federal nega liberdade para ex-senador Gim Argello, envolvido na Lava Jato - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 18/08/2018
 
25/04/2016 - 23h24m

Justiça Federal nega liberdade para ex-senador Gim Argello, envolvido na Lava Jato

Agência Brasil/André Richter 

Porto Alegre - A Justiça Federal negou hoje (25) pedido de liberdade feito pela defesa do ex-senador Gim Argello, preso no dia 12 deste mês, em Brasília, na 28ª fase da Operação Lava Jato.

A decisão foi proferida pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre.

De acordo com o magistrado, depoimentos de delação premiada confirmam que o ex-senador recebeu e repassou R$ 5 milhões a quatro partidos políticos para evitar a convocação de empreiteiros na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que já foi encerrada. Além disso, Gebran Neto afirmou que não há garantias de que Argello não terha mais influência política por não ser mais senador.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro