Lei que regulariza venda de comida nas ruas estimula negócios - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 18/08/2018
 
30/06/2014 - 20h34m

Lei que regulariza venda de comida nas ruas estimula negócios

Agência Hoje 
Divulgação
Lei que regulariza venda de comida nas ruas faz surgir um novo negócio, os food trucks
Lei que regulariza venda de comida nas ruas faz surgir um novo negócio, os food trucks

São Paulo (Agência Hoje) - A regularização da venda de comida nas ruas de São Paulo, sancionada em Lei assinada pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, está levando ao surgimento de um novo tipo de comércio gastronômico, com grande movimento e criação de oportunidades para pequenos empreendedores.

A nova Lei exige o cumprimento de algumas regras, como manter uma distância de 25 metros de um estabelecimento que venda comida e respeitar a medida de até 6,3 metros de comprimento para os veículos que irão ocupar as ruas, de forma a não atrapalhar a circulação de pedestres.

Os empreendedores afirmam que a Lei veio a favor dos furgões, mais conhecidos como food trucks. O comércio é comum em outros países como os Estados Unidos, onde por conta da correria do dia a dia, as pessoas procuram comida da maneira mais fácil possível. No Brasil, ele surge para mostrar as pessoas que é possível entregar comida com qualidade e higiene por um preço razoável.

As pessoas que evitam as comidas de rua por não confiar na higiene do preparo agora têm a oportunidade de ver alguém especializado preparar seu prato na hora e na sua frente.

Os chefs Jorge Gonzalez e Marcio Silva optaram pelo restaurante móvel para escapar dos altos custos de um restaurante convencional e também para estar mais perto do cliente. Os dois investiram R$ 300 mil no Buzina Brasil e vendem pratos, como lanches e massas, na média de R$ 25. Segundo eles, o preço deve ser justo por deixar de oferecer alguns serviços, como o de um garçom.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro