São Paulo, SP, 18/06/2018
 
22/05/2014 - 10h34m

Locação de carros é boa opção para passeios e viagens

Agência Hoje 
Agência Hoje/Arquivo
Jalapão e suas cachoeiras, no Tocantins, é destino turístico que mais chama atenção dos estrangeiros vindos para Copa do Mundo
Jalapão e suas cachoeiras, no Tocantins, é destino turístico que mais chama atenção dos estrangeiros vindos para Copa do Mundo

São Paulo (Agência Hoje) - A locação de automóveis pelos turistas para conhecer cidades brasileiras cresceu 15% no país com a proximidade da Copa do Mundo, inclusive nas cidades próximas das sedes dos jogos de futebol. No Brasil, o turismo de negócios e de lazer já responde por 42% do faturamento das empresas de locação de automóveis e mantêm uma forte tendência de crescimento.

A proximidade da Copa promete esquentar ainda mais o setor, uma vez que estão sendo esperados cerca de 600 mil estrangeiros, além de 3,1 milhões de brasileiros circulando pelo Brasil durante o Mundial, segundo estimativa do Ministério do Turismo (MTur).

Com a demanda esperada para o próximo mês, a avaliação feita pela Associação Brasileira de Locação de Automóveis (Abla) é de que haja um incremento de 15% nas atividades de locação, principalmente nas cidades onde ocorrerão jogos. Segundo dados da entidade, em 2013, o setor faturou cerca de R$ 6,5 bilhões, com um crescimento de 4,73% em relação ao ano anterior. Cerca de 23% do faturamento são provenientes do turismo de negócios, 19% do turismo de lazer e 58% da terceirização de frotas para empresas e órgãos públicos.

A frota de veículos para locação no Brasil chega perto dos 530 mil carros, sendo que boa parte é composta por veículos populares com motor 1.0. Existem ainda, em todo o País, 2.596 empresas que alugam veículos. Os alugueis são opção ao transporte aéreo e ao rodoviário para os deslocamentos internos pelas cidades.

Pesquisa do MTur, realizada com o público da Copa das Confederações, mostrou que os visitantes aproveitaram para conhecer outros 132 municípios além das seis cidades-sede do evento. Esses números devem duplicar durante a Copa do Mundo. Além disso, os estrangeiros permaneceram pelo menos 14 dias no país, o que pode significar um aumento no número de diárias de locação.

“A Copa é oportunidade de negócio para vários setores do turismo e acredito que todos estão preparados para atender a demanda”, disse o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinicius Lummertz.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro