São Paulo, SP, 24/06/2019
 
04/07/2016 - 11h34m

Luta livre é um dos esportes do Rio 2016; veja regras da disputa

Portal EBC 
Agência Brasil
Esporte busca combinar a força física com a estratégia de combate
Esporte busca combinar a força física com a estratégia de combate

Brasília - Luta livre: o nome dá a entender que tudo é permitido neste tipo de combate. Mas nas Olimpíadas, a modalidade tem regras. Embora o objetivo seja dominar o rival, algumas técnicas são proibidas: golpes baixos, estrangulamentos, puxões de cabelo, dedo no olho são punidos com a desclassificação.

O esporte busca combinar a força física com a estratégia de combate. As lutas são disputadas em dois períodos de três minutos cada. É considerado o vencedor do combate aquele lutador que mantiver o oponente com as costas presas ao tapete ou receber a maior pontuação por movimentos técnicos.

A diferença da luta livre em relação à luta greco-romana está no uso das pernas para derrubar ou deslocar o adversário. Os atletas usam obrigatoriamente uma peça única de roupa nas cores azul ou vermelha e calçam tênis.

A luta livre faz parte das disputas olímpicas desde os Jogos de Saint Louis, em 1904. O esporte permaneceu restrito aos homens até os Jogos de Atenas, em 2004, quando as mulheres começaram a participar.

São seis categorias de peso para homens e seis para mulheres. Os Estados Unidos, maior vencedor, possuem 47 medalhas de ouro nesta modalidade. Todas as disputas no Rio serão na Arena Carioca 2, na Barra da Tijuca, entre 17 a 21 de agosto.

A modalidade é organizada pela União Mundial de Wrestling (UWW), e no país, pela Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA).

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro