Macrodrenagem vai atender 120 mil pessoas de 14 bairros - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 22/08/2018
 
06/08/2013 - 12h46m

Macrodrenagem vai atender 120 mil pessoas de 14 bairros

Agência Hoje 

Santos (Agência Hoje) - As obras do programa de madrodenagem da zona Noroeste, em Santos, começarão ainda este mês e devem beneficiar 120 mil pessoas que vivem em uma área de 12 quilômetros quadrados, formada por 14 bairros. Na primeira etapa serão atendidos os bairros de Saboó, Rádio Clube e Castelo.

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, informou que para esta fase, serão investidos R$ 137,5 milhões, sendo R$ 70 milhões liberados pelo Banco Mundial, na forma de empréstimo e R$ 67,5 milhões de contrapartida do município. O contrato para execução dos serviços foi assinado nesta segunda-feira, 6, e o prazo para conclusão é de 30 meses.

As obras fazem parte do projeto "Santos Novos Tempos" e serão realizadas pelo consórcio Mendes Júnior Trading e Terracom Construções.“Será o fim das enchentes e interdições na entrada da cidade e o fim dos alagamentos no Saboó, Castelo e Radio Clube”, disse o prefeito, durante a assinatura do contrato.

Mais três políticos de expressão na cidade estiveram na solenidade de assinatura do contrato, os ex-prefeitos deputado federal Beto Mansur, a deputada estadual Telma de Souza e o diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente da Sabesp, João Paulo Tavares Papa, que na ocasião representou o governador Geraldo Alckmin.

Infraestrutura

A região onde serão realizadas as obras de macrodrenagem existe há 37 anos e começou a ser habitada nos anos 50, com o aterro dos mangues para o loteamento dos bairros. Por falta de infraestrutura, a área ficou abaixo do nível do mar, fazendo com que surgissem sérios problemas de enchentes. As águas não escoam e até mesmo com tempo bom, sem chuvas, as ruas ficam alagadas a maior parte do tempo, por influência da elevação da maré.

O investimento total, considerando todas as etapas das obras, será de R$ 1,4 bilhão, assim distribuídos, de acordo com dados divulgados pela Prefeitura de Santos:

DADOS GERAIS

- Benefício para 120 mil pessoas de 14 bairros, em uma área de 12 km²

- R$ 1,4 bilhão de investimento

- Construção de 13 comportas e 13 estações elevatórias

- Reconstrução do canal da av. Hugo Maia

- Dragagem do Rio São Jorge

PRIMEIRA FASE

- Bairros: Saboó, Castelo e Rádio Clube

- R$ 137,5 milhões serão investidos nas intervenções (R$ 70 milhões via Banco Mundial e

R$ 67,5 milhões da prefeitura)

- O início das obras está previsto para fim do mês e devem durar 30 meses

- Ações: serão construídas 5 estações elevatórias, 6 comportas e 2 galerias, além do desassoreamento dos rios São Jorge e Lenheiros e reconstrução de metade do canal da av. Hugo Maia

SEGUNDA FASE

- Bairros: São Jorge, Caneleira e Chico de Paula

- R$ 255 milhões em investimentos (R$ 180 milhões do Governo Federal e R$ 45 milhões da prefeitura)

- Ações: dragagem do Rio São Jorge, construção de 2 comportas, 3 estações elevatórias, 1 galeria e 1 reservatório de retenção

TERCEIRA FASE

- Bairros: Santa Maria, Bom Retiro e Ilhéu;

- R$ 200 milhões em investimentos (em fase de captação);

- Ações: 5 estações elevatórias, 5 comportas e 2ª etapa de reconstrução do canal da av. Hugo Maia

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro