São Paulo, SP, 21/06/2018
 
13/02/2017 - 06h18m

Maduro pede prisão para quem recebeu propinas da Odebrecht na Venezuela

Agence France Press/Agência Brasil 

Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu neste domingo (12) ao Ministério Público e ao Poder Judiciário do país que prenda as pessoas que receberam propinas da construtora Odebrecht na Venezuela.

"Dou todo meu apoio para que façam justiça no caso da Odebrecht e mandem para a prisão as pessoas que receberam subornos", afirmou o presidente em um evento por ocasião do Dia da Juventude na Venezuela. As informações são da Agência France-Presse (AFP).

Maduro anunciou, além disso, que na próxima quarta-feira iniciará a "Missão Justiça Socialista", um programa governamental para combater a corrupção e a criminalidade. "Os corruptos que fogem desse país vão para os 'United States' e se declaram perseguidos políticos. E começam a colaborar com as agências dos Estados Unidos, por isso não se pode deixar escapar um único corrupto", acrescentou Maduro.

Ele reiterou que seu governo terminará todas as obras da construtora brasileira. "Não quero mais atrasos, tenho os recursos para retomar de maneira acelerada todas as obras", enfatizou.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro