São Paulo, SP, 18/06/2019
 
09/09/2014 - 13h36m

Maicon é suspenso da seleção brasileira por "problemas internos"

Agência Hoje 
Reprodução
O jogador se reapresentou horas depois do prazo determinado pela comissão técnica
O jogador se reapresentou horas depois do prazo determinado pela comissão técnica

São Paulo - A lista de convocados da Seleção Brasileira sofrerá uma alteração para o segundo jogo da nova era Dunga. O lateral-direito Maicon, da Roma, foi cortado do time devido a um "problema interno".

O empresário do jogador, Antonio Caliendo, evitou falar sobre o afastamento que tirou seu cliente da seleção brasileira. Ainda assim, o agente disse que não acredita que o lateral-direito, voltará a defender a equipe.

O jogador se reapresentou horas depois do prazo determinado pela comissão técnica para a volta à concentração em Miami. O prazo permitido era 20h (local) da noite de sábado. Porém, o atleta, de 33 anos, só apareceu no hotel por volta de 7h (local) de domingo.

Com óculos escuros e um boné para esconder o rosto, ele chegou nesta terça-feira (9) no Aeroporto Fiumicino, em Roma, após deixar Miami, e não falou com a imprensa italiana. O jogador é esperado pelo treinador Rudi Garcia, e a expectativa é que ele se apresente logo mais na sua equipe.

Além de falar sobre o episódio que colocou seu cliente na manchete nos últimos dias, Caliendo disse que o lateral-direito, que defendeu a Seleção nas duas últimas Copas, não deve parar de jogar futebol tão cedo.

"Maicon deve jogar mais algumas temporadas ainda, assim como Cafú. Nós sabemos o que ele gosta de fazer quando não está em campo. Às vezes conversamos sobre isso. No entanto, ele tem uma força natural no trabalho. Quando ele se aposentar, acho que vai desaparecer do mundo do futebol", disse o empresário

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro