São Paulo, SP, 22/09/2019
 
25/07/2013 - 19h29m

Manifestações têm aprovação de 89% e 34% aceitam repeti-las

Agência Hoje* 
Agência Brasil/Valter Campanato
Manifestantes em Brasília
Manifestantes em Brasília

Brasília (Agência Hoje*) - A pesquisa especial CNI-Ibope demonstra que 89% da população brasileira são a favor das manifestações populares que foram feitas em várias cidades do país no mês passado. No momento, 34% dos brasileiros estão dispostos a participar de novas manifestações, principalmente se for para defender mais recursos para a saúde.

 Apenas 9% da população é contrária às manifestações “Quanto maior a idade do entrevistado, mais alto o percentual de marcações contrárias às manifestações. Entre os com 50 anos ou mais, 15% são contra”, diz a pesquisa. A posição contrária também é maior entre os com menor grau de instrução e com menor renda familiar.

Entre os entrevistados com até a 4ª série do ensino fundamental, 17% disseram ser contrários às manifestações. Entre os que ganham até um salário mínimo, o percentual é de 16%.

O levantamento informa ainda que mais de 30% da população desaprova totalmente as ações dos governos federal, estadual e municipal e do Congresso Nacional em resposta às manifestações. “Transformando a avaliação em uma escala de zero a dez (considerando apenas as respostas válidas), a presidente Dilma Rousseff recebeu a maior nota média: 4,0. A Câmara dos Deputados ficou com a pior nota: 2,8”, diz a pesquisa.

A pesquisa revela também que 34% dos brasileiros pretendem participar caso haja novas manifestações. Apontado por 43% dos entrevistados, o principal motivo que faria a população participar dos protestos é a obtenção de mais recursos para a saúde. Outras razões apontadas são: contra a corrupção (35%), mais segurança pública (20%) e contra a inflação (16%).

A Edição Especial da pesquisa CNI-Ibope foi feita com 7.686 eleitores em 434 municípios entre os dias 9 e 12 de julho.

* Com informações da CNI (Confederação Nacional da Indústria)

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro