São Paulo, SP, 15/10/2019
 
28/04/2016 - 00h10m

Manifestantes pró-Dilma dizem que protestos contra impeachment seguem em todo país

Agência Brasil/Paulo Victor Chagas 

Brasília - Apoiadores da presidente Dilma Rousseff preparam mobilizações em todo o país contra o impeachment, classificado por eles de golpe, e prometem não aceitar retrocessos caso o vice-presidente Michel Temer assuma o governo.

Na última segunda-feira (25), a presidente se reuniu com representantes da Frente Brasil Popular e do Povo sem Medo, grupos de movimentos sociais que se organizaram contra o afastamento dela e a retirada de direitos.

Os militantes disseram à Dilma que a proposta de convocar novas eleições para garantir sua “saída honrosa” da Presidência da República pode ser uma saída para o futuro, mas significaria “jogar a toalha” se fosse defendida agora. Segundo relatos de participantes da conversa, a presidente apenas ouviu as sugestões e não se manifestou sobre o assunto.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro