São Paulo, SP, 24/06/2018
 
30/03/2016 - 16h17m

Médico neurocirurgião explica sobre epilepsia e crises convulsivas

Portal EBC 
Agência Brasil
Especialista fala sobre os sintomas da epilepsia e as possíveis causas da doença
Especialista fala sobre os sintomas da epilepsia e as possíveis causas da doença

Brasília - O que é epilepsia? Como ocorre? Em entrevista ao Cotidiano, o neurocirurgião Luiz Daniel Cetl explica que os neurônios se comunicam por meio de impulsos elétricos e isso ocorre de maneira organizada, e quando há uma desorganização ou geração desses impulso de forma não coordenada, isso causa a epilepsia.

O neurocirurgão comenta que em relação a descoordenação ainda não se encontra a causa em boa parte dos casos. "Em alguns se consegue associar com infecções, traumas, tumor, sangramentos ou isquemias, porém na grande maioria das vezes não se sabe a causa em si", diz.

Luiz Daniel Cetl diz que apesar da grande maioria dos casos ter início na infância, o paciente pode vir a ter a doença em qualquer época da vida.

Ele explica que os sintomas não são específicos, depende muito do local acometido no cérebro: "talvez o que chama mais atenção é a crise convulsiva, quando o paciente perde a consciência, cai ao solo, se debate e tem salivação excessiva", diz.

Luiz Daniel Cetl lembra que a crise não é o único sintoma, e talvez não seja o mais frequente. O neurocirurgião destaca que pode haver outros sintomas, como a movimentação incontrolável de um braço com o paciente consciente, ou ainda a epilepsia pode acometer uma área visual com flashes e imagens luminosas, e às vezes até o mal estar na boca do estômago pode ser um sintoma.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro