São Paulo, SP, 22/09/2019
 
03/02/2014 - 00h23m

Médicos dizem que é preciso ter cuidados em dias muito quentes

Agência Hoje* 
Agência Hoje/Arquivo
Médicos alertam para cuidados que devem ser tomados nos dias muito quentes
Médicos alertam para cuidados que devem ser tomados nos dias muito quentes

São Paulo (Agência Hoje*) - Médicos da Secretaria da Saúde estão advertindo que o tempo seco, caracterizado pela falta de chuvas e baixa umidade do ar,  pode causar problemas à saúde e exige alguns cuidados especiais. a maior preocupação é com a incidência de coriza, febre por tempo limitado e complicações como crises de chiado e pneumonias.

Em situações extremas poderá haver insuficiência respiratória com necessidade de internação hospitalar. De acordo com a Secretaria da Saúde, algumas medidas simples podem minimizar os problemas.

"Para aliviar os sintomas é necessário beber bastante líquido, lavar o nariz e os olhos com soro fisiológico, evitar exercícios físicos ao ar livre, principalmente entre 10h e 17h nos dias com baixa umidade do ar e evitar lugares fechados e de grande aglomeração", recomenda o pneumologista do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), Fábio Muchão.

Para evitar a ocorrência dessas doenças, a Secretaria da Saúde indica alguns cuidados importantes. Confira:

- Ingerir bastante líquido (a não ser em caso de alguma restrição);

- Não fazer exercícios físicos entre as 10h e 17h quando a umidade do ar estiver baixa;

- Deixar um recipiente com água ou um pano molhado no quarto antes de dormir;

- Não usar o umidificador elétrico por muitas horas seguidas. O ambiente pode ficar muito úmido e causar mofo e bolor;

- Lavar as narinas com soro fisiológico e/ou fazer inalações com o mesmo produto;

- Mantenha os ambientes arejados e livres de tabaco e poeira;

- Evitar frequentar lugares fechados em que haja grande concentração de pessoas.

* Com informações da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro