São Paulo, SP, 19/09/2019
 
27/05/2012 - 21h27m

Mesmo com liminar motoristas de ônibus mantêm greve

Folhapress/Elida Oliveira 

RIBEIRÃO PRETO, SP (Folhapress) - O Tribunal Regional do Trabalho, em Campinas, concedeu liminar hoje determinando que 70% da frota do transporte coletivo de Ribeirão Preto deve circular amanhã no horário de pico -das 5h às 9h e das 16h às 20h.

Fora desses períodos, 50% dos ônibus deverão estar nas ruas.

Mas, mesmo com a decisão, a categoria manteve a greve anunciada para amanhã, a partir das 4h, segundo Alcides Lopes de Souza Filho, vice-presidente do Seeturp, o sindicato dos empregados do transporte coletivo.

Souza falou que não foi comunicado da liminar e que, quando o for, ainda vai analisar "os termos" da decisão. A liminar estipula multa diária de R$ 20 mil caso o percentual seja descumprido.

Os empregados do transporte coletivo de Ribeirão querem aumento salarial de 15%. Na semana passada, as empresas deram 6,34% -os salários, então, passariam de R$ 1.316,52 para R$ 1.400.

Além disso, deram aumento de 7,5% no vale-alimentação, de R$ 400 para R$ 430, e de 10% no prêmio por acumular a função de cobrador, de R$ 251,85 para R$ 277. A categoria não aceitou.

Segundo Luis Gustavo Guimarães Vianna, presidente do sindicato das empresas de ônibus, a greve é desnecessária porque não haverá contraproposta das empresas. "O assunto já está sendo discutido na Justiça", disse.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro