São Paulo, SP, 21/11/2019
 
07/07/2016 - 10h18m

Messi entrará com recurso contra sentença que o condenou a 21 meses de prisão

Agência Brasil/Agência Ansa 

Madri - O craque argentino Lionel Messi e seu pai, Jorge Horacio, recorrerão da decisão que os condenou na quarta-feira (6) a 21 meses de prisão cada um por uma fraude fiscal de 4,1 milhões de euros (R$ 15 milhões) na Espanha.

O anúncio foi feito pelos advogados da família, Enrique Bacigalupo e Javier Sánchez Vera, que dizem que a sentença imposta por um tribunal de Barcelona "não é correta". Eles também enxergam "boas perspectivas" de a Suprema Corte absolver os dois.

Durante o processo, Messi afirmou que não sabia das operações financeiras confiadas por seu pai a um escritório de Direito especializado na gestão de direitos de imagem dos jogadores e que pagou 5 milhões de euros (R$ 18 milhões) em juízo para quitar o débito com o fisco espanhol.

O Ministério Público havia pedido a absolvição do atacante por considerar que sua participação foi "puramente formal" e que ele se limitava a seguir as indicações de Jorge Horacio, para quem defendia uma pena de 18 meses de cadeia.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro