São Paulo, SP, 18/10/2018
 
10/06/2013 - 00h46m

Ministério do Turismo decide monitorar preços de hotéis durante eventos da Fifa

Agência Brasil/Marcelo Brandão 

Brasília - O Ministério do Turismo, em parceria com representantes do ramo hoteleiro, irá monitorar o preço cobrado por hotéis das 12 cidades-sede da Copa do Mundo, bem como durante a Copa das Confederações. Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza e Salvador irão sediar o torneio, que tem início no próximo dia 15, na capital federal.

Em reunião na última quinta-feira (6), em Brasília, foi acordado que o Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur) vai monitorar os preços da rede hoteleira. O parâmetro utilizado será o definido pela Match Services, empresa licenciada pela Fifa para assuntos relativos a acomodações durante eventos da entidade.

“Estabelecemos o caminho do diálogo com os empresários para evitar que a esperteza de poucos prejudique a imagem de todo o país. Essa é a posição do governo”, disse o ministro Gastão Vieira. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor, ambos do Ministério da Justiça, também participaram do encontro.

Representantes da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e Fórum de Operadores Hoteleiros (FOB) estão aliados ao governo nessa ação. “Não há dois lados nessa questão, também entendemos que o país passa por um momento importante e somos contra práticas abusivas de mercado, que, de maneira alguma, refletem a atitude majoritária dos nossos empresários”, explicou Alexandre Sampaio, presidente da FBHA. Os limites considerados aceitáveis para tarifas de hotelaria devem ser divulgados nos próximos dias pelos empresários do setor.

 

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro