São Paulo, SP, 21/10/2018
 
30/10/2016 - 21h25m

Ministro Gilmar Mendes diz que eleição foi tranquila: clima de paz

Agência Brasil/Carolina Gonçalves 
Agência Brasil/Marcelo Casal Jr
Presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, confirma que eleições transcorreram em clima de paz
Presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, confirma que eleições transcorreram em clima de paz

Rio de Janeiro - Depois de acompanhar o começo da apuração de votos do segundo turno na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente da corte, Gilmar Mendes, disse que a eleição de hoje (30) “transcorreu em clima de paz e normalidade” mesmo nos municípios que precisaram de reforço de segurança, como São Luiz, Curitiba, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Segundo Mendes, a ocupação de algumas escolas em Santa Catarina e no Paraná por movimentos estudantis geraram custos para a Justiça Eleitoral, que teve que alterar alguns locais de votação. No entanto, o tribunal ainda não tem um levantamento do gasto total com essas mudanças.

Reforma Política

Ao comentar a situação de candidatos eleitos que respondem a ações na Justiça, Mendes disse que a reforma política pode evitar que essas situações se repitam nas próximas eleições. Um dos casos é o do prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz (PSB), que disputa o segundo turno sub judice, depois de ter sido preso pela Polícia Federal acusado de prejudicar hospitais públicos da cidade para beneficiar instituição de sua família.

“Esse é um problema do modelo eleitoral adotado, que encurtou o prazo de campanha e de registro. Este debate está se travando no Congresso Nacional para novas eleições [no sentido de se ter] uma fase de pré-registro mais alongada, para que os processos possam ser julgados antes das eleições”, disse Mendes.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro