São Paulo, SP, 19/09/2019
 
29/10/2015 - 15h59m

MIS faz maratona para a abertura de mostra sobre Zé do Caixão

Agência Hoje 
Reprodução

São Paulo (Agência Hoje/Isabela Guiaro) - O Museu da Imagem e do Som (MIS) apresenta sua mais nova exposição, “À Meia-Noite Levarei sua Alma”, que mostra a trajetória de Zé do Caixão, personagem lendário feito pelo brasileiro José Mojica Marins. A abertura acontece no dia 31 de outubro, às 12h.

Para marcar o início dessa grande exposição, o MIS preparou uma maratona de 14 horas de programação ininterrupta com muitas emoções e surpresas para aqueles que tiverem coragem de adentrar a meia-noite, - e sentir na própria pele as profundezas do estranho mundo do personagem.

O público poderá entrar em contato com uma seleção inédita de itens como fotografias, figurinos, roteiros, objetos cênicos, colagens, trechos de filmes e imagens de bastidores das produções de Zé do Caixão, tudo imerso em um ambiente sombrio e obscuro.

Confira a programação do dia:

12h às 02h | Comidas e drinks temáticos + Exposição em cartaz [Área externa]

14h: Palestra/bate-papo sobre a obra de José Mojica Marins e o personagem Zé do Caixão com Marcelo Colaiacovo, Ivan Finotti, Paulo Sacramento e Liz Marins. Mediador: Carlos Primati

[Auditório LABMIS, 66 lugares]

16h: Palestra sobre produção de efeitos para cinema (desde o projeto, pré-produção, roteiro, produção, pós, etc) com Kapel Furman (dir. de efeitos do Encarnação do Demônio, último filme do Zé do Caixão). [Sala de Interfaces, 30 vagas, distribuição de senha com 1h de antecedência na recepção do MIS]

18h: Concurso de Fantasias de Terror

O MIS convida o público a vir trajado com roupas assustadoras e participar de um concurso com o júri formado por Liz Vamp e equipe do museu. O ganhador recebe um prêmio especial.

19h-20h: Setlist especial organizado pela banda CÃO [Área externa]

21h-23h | Cenas com mágicas macabras com Cleyton Heredya [Área externa]

21h e 21h40: Uma noite em um sanatório abandonado | História de jovens que passam a noite em um sanatório e uma tragédia acontece. Uma pessoa dentre a platéia é escolhida aleatoriamente e de forma inexplicável ela dirá exatamente o que aconteceu, mesmo sem nunca ter ouvido falar desta história (15 min)

22h e 22h40: Matilda, in memoriam |História de duas amigas que possuíam estranhos e místicos laços de amizade. A presença espiritual de Matilda se manifestará através de uma sinistra boneca que sua amiga lhe deu de presente, fazendo com que um participante, escolhido aleatoriamente de entre a platéia, sinta na pele esta estranha conexão. (15 min)

23h45: muitas emoções e surpresas estão reservadas para aqueles que tiverem coragem de adentrar a meia-noite e sentir na própria pele as profundezas do estranho mundo de Zé do Caixão

Sem horário definido | Espetáculo performativo Anatomia do Fauno, com direção de Marcelo D'Avilla e Marcelo Denny. Censura: 18 anos

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro