São Paulo, SP, 20/06/2018
 
11/02/2017 - 11h42m

Mobilização de mulheres de PMs prossegue no Rio pedindo pagamento de atrasados

Agência Brasil/Vladimir Platonow 

Rio de Janeiro - A mobilização das mulheres de policiais militares prossegue pelo segundo dia no Rio de Janeiro. Vários batalhões têm piquetes nas portas impedindo a entrada e saída de viaturas. Nas ruas, a presença de carros de polícia é pequena em diversos bairros.

Em alguns trechos da zona norte, por exemplo, a reportagem da Agência Brasil não viu nenhuma viatura, em um trajeto de 10 quilômetros até o centro da cidade. A PM informou em nota divulgada na manhã deste sábado (11) que não há paralisação e que o patrulhamento está sendo feito normalmente na cidade.

“Não existe paralisação da Polícia Militar e sim uma mobilização de familiares, iniciada pelas redes sociais. A corporação está atenta às manifestações e conscientizando a tropa da importância da presença policial nas ruas. O patrulhamento está sendo realizado normalmente. As rendições, quando necessárias, são realizadas do lado externo e locais que apresentaram maiores problemas estão com apoio de outras Unidades”, diz a nota da PM.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro