São Paulo, SP, 27/06/2019
 
04/01/2016 - 11h56m

Neymar é vítima de racismo em jogo contra o Espanyol

Agência Brasil/Portal EBC 
Agênca Brasil/Marcello Casal Jr
A torcida entoava cantos racistas e durante o jogo alguns faziam barulhos de macacos
A torcida entoava cantos racistas e durante o jogo alguns faziam barulhos de macacos

Brasília - Neymar foi vítima de racismo no jogo do Barcelona contra o Espanyol, neste sábado (2). No início da partida, a torcida entoava cantos racistas e, durante o jogo, quando o brasileiro tocava a bola, alguns torcedores faziam barulhos de macacos.

O ex-dirigente do Barcelona, Toni Freixa, em sua conta no Twitter escreveu “Espero que os gritos racistas a Neymar sejam registrados na ata da arbitragem”.

Essa não é foi a primeira vez que o jogador Neymar sofre com racismo. Em 2014, a torcida do Espanyol jogou uma banana no gramado em direção ao Barcelona. Na ocasião, o também brasileiro Daniel Alves pegou e comeu a banana que caiu no gramado.

Outro caso de racismo no futebol foi protagonizado pelo goleiro Aranha, que jogava no Santos, que foi chamado de “macaco” no jogo contra o Grêmio, em agosto de 2014. Assista o vídeo e relembre outros casos de jogadores que já foram vítimas de racismo como de Michel Bastos (jogador do São Paulo) e dos atletas de vôlei Fabiana e Wallace.

* Colaborou Carol Lira

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro