São Paulo, SP, 16/09/2019
 
21/05/2012 - 15h35m

Nível do rio Negro sobe e atinge 29,87m em Manaus, a maior cheia em 110 anos

Folhapress 

SÃO PAULO, SP (Folhapress) - O nível do rio Negro em Manaus chegou a 29,87 metros hoje, subindo seis centímetros em relação a sexta-feira. Com cheias, famílias elevam piso e passam o dia agachadas para não bater a cabeça no teto das casas.

É o maior nível já atingido pelo rio, que continua subindo após bater o recorde na quinta-feira, quando atingiu 29,78 metros. O monitoramento do rio é realizado desde 1902 no Porto de Manaus, portanto já se trata da maior enchente em 110 anos.

Segundo o Serviço Geológico do Brasil, o nível deve continuar quebrando recordes. A previsão é que a cheia termine somente no fim do mês, quando acaba o inverno na região e se inicia a vazante, a baixa das águas.

A expectativa dos especialistas é que o rio suba até 30,13 m. Segundo o superintendente Marco Oliveira, do Serviço Geológico do Brasil, uma marca histórica era esperada para daqui a cem anos. Mas fenômenos climáticos influenciaram a enchente, assim como a vazante anterior.

A cheia atinge cerca de 30 mil pessoas em Manaus, sendo que 6.000 famílias de 22 bairros foram classificadas pela prefeitura como em situação de emergência social.

Lojas e pontos turísticos no centro da cidade estão alagados. Os bairros mais afetados são o de São Raimundo, Glória, Presidente Vargas e Educandos, onde há casas submersas.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro