São Paulo, SP, 24/06/2019
 
18/05/2014 - 07h20m

Obra de Gluck, "Ifigênia em Táuris", estreia no Theatro São Pedro

Agência Hoje 
Décio Figueiredo
No elenco da ópera, Monica Ferracani (Ifigênia), Luciano Garay (barítono), Licio Bruno, Luciana Bueno e Flávio Leite
No elenco da ópera, Monica Ferracani (Ifigênia), Luciano Garay (barítono), Licio Bruno, Luciana Bueno e Flávio Leite

São Paulo (Agência Hoje) - Os 300 anos do nascimento do compositor alemão Christoph Willibald von Gluck (1714-1787) serão comemorados em montagem no Theatro São Pedro, a partir de sexta-feira, 23, com a estreia do espetáculo "Ifigênia em Táuris", que tem a direção cênica de Gustavo Tambascio e direção musical do maestro italiano Alessandro Sangiorgi.

A direção do Theatro São Pedro, equipamento da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, está tendo uma boa receptividade da crítica e do público com a apresentação em suas temporadas do que há de melhor da produção lírica mundial, com obras inéditas mescladas com obras-primas da história da música.

A estreia que acontece em 23 de maio, em homenagem ao aniversário de nascimento do compositor alemão Christoph Willibald von Gluck (1714-1787), é um marco no desenvolvimento da ópera: trata-se de “Ifigênia em Táuris”, tragédia lírica em quatro atos com libreto de Nicolas-François Guillard.

A direção cênica é de Gustavo Tambascio e a direção musical e regência do maestro Alessandro Sangiorgi. O coro foi preparado por Teresa Longatto. As récitas acontecem nos dias 23, 28 e 30 de maio, às 20h; 25 de maio e 1º de junho, às 17h.

As apresentações dos dias 30 de maio e 01 de junho terão recursos de acessibilidade comunicacional para pessoas com deficiência visual (audiodescrição), pessoas com deficiência auditiva e surdez (legendas e interpretação em Libras). Os ingressos custam de R$ 20,00 a R$ 60,00.

A escolha dessa obra para a temporada do Theatro São Pedro integra a política de difusão da linguagem operística que visa atrair novos segmentos do público. O repertório apresentado ao longo do ano inclui obras inéditas e obras-primas consagradas, produções nacionais e estrangeiras em um repertório diversificado e dinâmico.

“Ópera é um jeito de contar uma história e Ifigênia é uma obra atemporal. Por isso, buscamos montar um espetáculo contundente e contemporâneo, que valorize a humanidade daquele texto”, destaca Emiliano Patarra, diretor artístico do Theatro São Pedro e regente titular da Orquestra do Theatro São Pedro.

A montagem traz no elenco cantores conceituados do cenário internacional operístico como a soprano argentina Monica Ferracani, no papel principal Ifigênia, e Luciano Garay, barítono argentino que fará Orestes. Também participam brasileiros como Licio Bruno, baixo-barítono no papel do rei de Táuris, Thoas, e Luciana Bueno, mezzo-soprano que interpretará Diana. Ambos já atuaram, com sucesso, em montagens no São Pedro.

Outra peculiaridade dessa releitura da obra de Gluck são os recursos adotados para o cenário. Diversos elementos metalinguísticos, que unem modernidade às figuras mitológicas, referências que compõem um ambiente único. O objetivo é mostrar que a obra é atemporal, e que a linguagem da música lírica está viva, um verdadeiro convite ao público a participar da narrativa e se surpreender.

O Theatro São Pedro é um equipamento da Secretaria de Estado da Cultura, administrado pela Organização Social Instituto Pensarte. Mais informações sobre a programação no site www.theatrosaopedro.org.br.

Sobre o compositor

O compositor Christoph Willibald Gluck foi responsável por uma grande transformação da linguagem operística, fundamental para que este gênero tivesse a importância que tem até hoje. Ele buscou recuperar o valor da estrutura dramática na ópera, eliminando o excesso de ornamentações e repetições que eram típicos da produção de seus predecessores.

Em sua obra, as melodias, belíssimas, estão sempre absolutamente interligadas à força da narrativa. Combinando as tradições da ópera italiana e do gênero nacional francês, Gluck escreveu oito óperas durante o tempo que viveu em Paris. Um de seus últimos trabalhos, “Ifigênia em Táuris”, foi um grande sucesso na época e é reconhecida como sua obra-prima.

A Ópera

“Ifigênia em Táuris” é baseada na tragédia grega de autoria de Eurípedes (485 a.C-406 a.C.) e recria no palco o mito grego. O rei Agamenon, pouco antes de partir para a guerra de Tróia, consulta o oráculo de Diana e descobre que os ventos não lhe serão favoráveis. Se ele quisesse obter sucesso, o preço a ser pago seria o sacrifício da própria filha Ifigênia.

No prólogo da ópera, vemos retratado o momento em que a deusa Diana salva Ifigênia da morte, transportando-a para um templo na distante Táuris. Ifigênia torna-se sacerdotisa da deusa, responsável pelo sacrifício dos estrangeiros que lá aportavam.

Quinze anos depois, chega a Táuris Orestes, seu irmão, vítima de um naufrágio. Orestes e seu amigo Pílades são presos e levados à sacerdotisa, porém, neste momento, seu amor pelo irmão fala mais alto e ela não consegue concluir sua missão.

Oriunda de uma família marcada pela violência e pelo sofrimento, ela se vê em conflito entre a lealdade aos preceitos de sua protetora e sua ligação com seu único parente vivo.

SERVIÇO

Ópera Ifigênia em Táuris

Tragédia Lírica em quatro atos de Cristoph Willibald von Gluck com libreto de Nicolas- Fraçois Guillard. Montagem comemorativa aos 300 anos de nascimento do compositor.

Alessandro Sangiorgi | direção musical e regência

Gustavo Tambascio | direção cênica

Elenco

Monica Ferracani | soprano | Ifigênia

Luciano Garay | barítono | Orestes

Licio Bruno | baixo-barítono | Thoas

Luciana Bueno | mezzo-soprano | Diana

Flávio Leite | tenor | Pílades

Horários

Dias 23, 28, 30 de Maio, às 20h

25 de Maio e 01 de Junho, às 17h

Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 São Paulo – Metrô Marechal Deodoro

Tel. 11 3661.6600

636 lugares

Acessibilidade

Acessibilidade para pessoas com deficiência visual (audiodescrição), pessoas com deficiência auditiva (legendas) e surdos (interpretação em Libras) nos dias 30 de maio e 01 de junho.

Preços

Plateia R$ 60,00

1º balcão R$ 30,00

2º balcão R$ 20,00

Descontos: Estudantes, aposentados, pessoas acima dos 60 anos e professores da rede pública estadual, devidamente identificados, têm desconto de 50% nos ingressos. Não recomendado para menores de oito anos

Como comprar

Bilheteria do Theatro São Pedro

Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 São Paulo - Tel. 11 3667.0499 - 636 lugares

Site: www.theatrosaopedro.org.br

Acesso pela Rua Barra Funda, 171 – São Paulo – Metrô Marechal Deodoro

Terça a domingo, das 9h às 22h.

Pela Ingresso Rápido – Telefone 11 4003.1212 / www.ingressorapido.com.br

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro