São Paulo, SP, 25/06/2019
 
16/05/2016 - 14h43m

Oferta inadequada de serviços é a principal queixa contra bancos

Agência Brasil/Kelly Oliveira  
Agência Brasil/Marcelo Camargo
No total, o BC recebeu 2.931 reclamações, 10,9% a menos do que em março
No total, o BC recebeu 2.931 reclamações, 10,9% a menos do que em março

Brasília - A oferta ou prestação de informação sobre produtos e serviços de forma inadequada foi a principal reclamação de clientes de bancos dentre as registradas no Banco Central (BC) em abril. No total, foram 356 queixas consideradas procedentes pelo BC.

Em segundo lugar, ficaram irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, com 304 registros. E em terceiro lugar, o débito em conta de depósito não autorizado pelo cliente, com 295 queixas.

No total, o BC recebeu 2.931 reclamações, 10,9% a menos do que em março (3.289) deste ano. O relatório do BC é divulgado mensalmente.

Caminho a ser percorrido

A insatisfação com serviços e produtos oferecidos por instituições financeiras pode ser registrada no BC e as reclamações ajudam na fiscalização e regulação do Sistema Financeiro Nacional. Entretanto, o BC recomenda que a reclamação seja anotada, primeiramente, nos locais onde o atendimento foi prestado ou no serviço de atendimento ao consumidor (SAC) da instituição financeira.

Se o problema não for resolvido, o cidadão pode ainda procurar a ouvidoria do banco, que terá prazo máximo de 15 dias para responder. Os clientes bancários também podem buscar atendimento no Procon e recorrer ao Poder Judiciário.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro