São Paulo, SP, 15/10/2018
 
30/03/2016 - 16h10m

Oftalmologista indica cuidados para evitar transplante de córnea

Portla EBC 
Agência Brasil
Indicação de transplante de córnea teve um crescimento de 12,5%, de janeiro a setembro de 2015
Indicação de transplante de córnea teve um crescimento de 12,5%, de janeiro a setembro de 2015

Brasília - 47% dos brasileiros desconhecem que terapias podem evitar cirurgia de transplante de córneas. É o que aponta pesquisa recentemente finalizada pelo oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leônio Queiroz Neto.

Em entrevista ao Cotidiano, Leônio Queiroz Neto diz que esse alerta é para os portadores de Ceratocone, a doença corneana que cursa com o aumento da miopia e do astigmatismo: "tem certa relação com as pessoas que coçam muito o olho e que têm casos na família", diz.

Dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos mostram que a indicação de transplante de córnea teve um crescimento de 12,5%, de janeiro a setembro de 2015.

Ele também comenta sobre outra pesquisa com portadores de ceratocone: "vimos que eles são desinformados quanto à novas terapias que existem para tratar o ceratocone, 47% desconheciam o crosslink que é uma terapia que tem mostrado resultados para postergar ou até mesmo adiar o transplante de córnea", esclarece.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro