São Paulo, SP, 20/06/2018
 
03/08/2016 - 12h21m

Osteopenia e osteoporose: entenda quais as diferenças

Portal EBC/Rádio Nacional de Brasília 
Agência Brasil/Wilson Dias
Doença atinge cerca de 10 milhões de pessoas no Brasil
Doença atinge cerca de 10 milhões de pessoas no Brasil

Brasília - A osteopenia é a perda da massa óssea no seu estágio inicial. É possível recuperar a massa óssea se isso for detectado logo no início. Mas se a doença não for tratada a tempo, ela pode evoluir para o estado avançado, que é a osteoporose.

Segundo a radiologista Lorena Amaral, a osteopenia é o estágio precoce da patologia mas que ainda tem como ser tratada. Ela pode virar a osteoporose, que é o estágio avançado da doença, quando o osso fica fragilizado e não há reversão.

As mulheres são as mais afetadas, em especial durante a menopausa, por causa da redução hormonal do estrogênio, que ajuda nesse processo de enfraquecimento ósseo.

O pior é que dados da Fundação Internacional da Osteoporose, 75% dos diagnósticos de osteoporose são feitos somente depois do osso quebrado.

Lorena explica porque algumas pessoas perde massa óssea mais rápido que outras. " Os principais fatores são: sedentarismo,tabagismo, mulheres calcasianas, mulheres magras e álcool", diz.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro