São Paulo, SP, 18/10/2018
 
07/01/2018 - 01h20m

Palácio dos Bandeirantes abre as portas para visitantes; exposição tem 1.500 obras

Agência SP Notícias 
A2/Ciete Silvério
Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo, abre as portas para turistas
Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo de São Paulo, abre as portas para turistas

São Paulo - Uma opção excelente de passeio cultural durante as férias é conferir a exposição “Expressões da Arte Moderna em São Paulo”, em cartaz no Palácio dos Bandeirantes. O acervo de arte da sede do Governo Estadual está exposto em diversos ambientes do edifício.

As visitas gratuitas são realizadas de terça-feira a domingo, das 10h às 16h (de hora em hora), com permanência até 17h. É recomendado chegar com antecedência de 15 minutos do horário, para a apresentação de documento oficial com foto e o preenchimento do cadastro de visitante.

A entrada é gratuita e todos os passeios são acompanhados por educadores. O telefone para informações é (11) 2193-8282. Para que o visitante possa conhecer esse patrimônio público, estão reunidas, no andar térreo, algumas das mais significativas peças da coleção de arte moderna brasileira, de valor imenso para a História da Arte.

Além disso, a ida ao Palácio dos Bandeirantes oferece ao frequentador uma experiência que congrega a história da arte e a história social e política brasileira, com destaque para o Estado de São Paulo.

Rotas

O percurso de visitação explora quatro rotas da produção artística do período, com destaque para o contexto artístico-cultural paulista antes mesmo da chegada das vanguardas modernas até a década de 1970, representada por algumas obras mais tardias.

A primeira procura mostrar, por meio de pinturas conhecidas como “acadêmicas”, o choque cultural entre o ambiente ultraconservador que a cidade ainda vivia antes da década de 1920 e o novo modo de pensar da sociedade com a revolução das artes plásticas.

Na segunda, estão expostas obras da década de 1920 que evidenciam as novas técnicas e formas de expressão dos modernistas dos primeiros anos, tendo como ponto de referência a Semana de Arte Moderna, de 1922, no Theatro Municipal de São Paulo.

Já a terceira apresenta a produção artística das gerações de 1930 e 1940, com destaque para a presença de artistas imigrantes, ou descendentes de imigrantes, e de outros que se organizaram em grupos na capital paulista, como o Grupo Santa Helena.

A quarta rota do percurso traz um debate sobre as artes plásticas, no contexto da modernidade nos anos 1950: naquele período, ser moderno era expressar-se de forma abstrata, e não mais figurativa.

QUER VISITAR OS PALÁCIOS DO GOVERNO DE SÃO PAULO? PERGUNTAS FREQUENTES

Os Palácios do Governo do Estado de São Paulo são abertos à visitação pública?

Sim. O Palácio dos Bandeirantes é aberto ao público de terça-feira a domingo, das 10h às 16h (de hora em hora),

com permanência até as 17h; e o Palácio Boa Vista, de quarta-feira a domingo, das 10h às 12h, com permanência até as 12:30, e das 14h às 17h, com permanência até as 17:30.

O que é necessário para o ingresso?

O ingresso é gratuito; porém, é necessário apresentar o documento de identidade (RG) ou o passaporte (no caso de estrangeiros), sem o qual não será permitida a visita.

É preciso agendar para visitar os Palácios do Governo?

No Palácio dos Bandeirantes, o agendamento é necessário somente para grupos acima de 10 pessoas. Para grupos inferiores a esse número, não há agendamento, basta dirigir-se ao palácio nos horários de visita portando documento de identidade (RG) ou passaporte (no caso de estrangeiros). No Palácio Boa Vista, basta dirigir-se ao palácio nos horários disponíveis, onde o público é atendido em grupos de até 25 pessoas.

Todas as visitas são acompanhadas por educadores?

Sim. Todas as visitas, sejam elas agendadas ou não, são visitas comentadas, acompanhadas por educadores, tanto no Palácio dos Bandeirantes quanto no Palácio Boa Vista.

Quanto tempo dura uma visita aos palácios?

A duração é diferente para cada tipo de grupo e para cada palácio. No Palácio dos Bandeirantes, a visita espontânea dura em torno de uma hora. Para grupos agendados, a visita pode durar uma hora e meia. No Palácio Boa Vista, a visita dura em torno de 45 minutos para cada grupo de até 25 pessoas.

Há estacionamento nos palácios? Eles são gratuitos?

Em ambos os Palácios do Governo, há estacionamento gratuito no local, apenas durante a visita.

Posso gravar, fotografar e/ou filmar os Palácios do Governo durante a visita?

No Palácio dos Bandeirantes, é permitido fotografar a fachada e os ambientes expositivos, desde que sem o uso do flash e sem foco específico em uma única obra de arte. As gravações e filmagens são proibidas. No Palácio Boa Vista, são proibidas gravações, fotos e filmagens.

Para material jornalístico sobre o acervo, entre em contato pelo e-mail acervo@sp.gov.br.

Qual o número máximo de visitantes que posso agendar por horário?

No Palácio dos Bandeirantes, para cada horário de agendamento, o máximo de visitantes por grupo é de 50 pessoas. No Palácio Boa Vista, o agendamento para grupos escolares atende grupos de 25 pessoas. Para demais visitas, basta dirigir-se ao palácio nos horários disponíveis, onde o público também é atendido em grupos de até 25 pessoas.

Sendo sedes de governo e residências oficiais do governador, a visita aos palácios inclui a presença do governador?

Não. A visita aos Palácios do Governo é direcionada à apresentação dos edifícios e suas histórias, das coleções de arte e de objetos raros que integram seus ambientes.

Quais os ambientes dos palácios que podem ser visitados?

No Palácio dos Bandeirantes, a visita compreende o Hall Nobre, o Salão dos Pratos, o Salão dos Conselhos, o Mezanino e alguns corredores e bolsões que interligam esses espaços. Quando há eventos oficiais, a visita poderá ser restrita a alguns ambientes ou mesmo cancelada sem prévio aviso. No Palácio Boa Vista, a visita compreende alguns ambientes no térreo e uma parte da ala residencial. Na presença de hóspedes oficiais, a área de visitação será restrita.

Por que visitar os Palácios do Governo?

Venha conhecer a história dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo e suas coleções de arte. Conheça a diversidade de peças e de objetos raros que integram os seus ambientes, além de uma das mais importantes coleções de arte moderna brasileira.

SERVIÇO

Palácio dos Bandeirantes

Avenida Morumbi, 4.500 (Portão 2), Morumbi – São Paulo/SP.

Visitas: de terça-feira a domingo, das 10h às 16h (de hora em hora),

com permanência até as 17h.

Chegar com antecedência de 15 minutos do horário para apresentação

de documento oficial com foto e preenchimento do cadastro de visitante.

Todas as visitas são acompanhadas por educadores.

Entrada gratuita.

Palácio Boa Vista

Avenida Adhemar de Barros, 3.001, Alto da Boa Vista – Campos do Jordão/SP.

Visitas: de quarta-feira a domingo, das 10h às 12h, com permanência até as 12:30,

e das 14h às 17h, com permanência até as 17:30.

Todas as visitas são acompanhadas por educadores.

Entrada gratuita.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro