São Paulo, SP, 14/12/2019
 
06/09/2016 - 10h01m

Parlamento britânico discute petição por novo referendo

Agência Brasil/Agência Ansa 
Agência Brasil/Agência Lusa
No início de julho a chamada Marcha AntiBrexit reuniu milhares de pessoas no centro da capital inglesa
No início de julho a chamada Marcha AntiBrexit reuniu milhares de pessoas no centro da capital inglesa

Londres - O Parlamento do Reino Unido começou na segunda-feira (5) a discutir a petição que cobra a realização de um segundo referendo sobre a saída do país da União Europeia.

O abaixo-assinado foi firmado por mais de 4 milhões de eleitores que pedem uma resposta dos deputados para o seu pleito. Contudo, o documento não prevê uma votação no Parlamento e o governo conservador de Theresa May já descartou a possibilidade de um novo referendo.

Os defensores da petição alegam que, na consulta de 23 de junho, a afluência às urnas foi inferior a 75% e que o resultado pró-Brexit ficou abaixo de 60%, combinação que não garantiria o apoio da maioria do eleitorado total em uma questão crucial para o futuro do país.

Na ocasião, 51,9% dos eleitores votaram pelo rompimento entre Reino Unido e União Europeia. Imediatamente após a divulgação do resultado, europeístas começaram a coletar assinaturas para um novo referendo.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro