São Paulo, SP, 20/06/2018
 
14/12/2016 - 20h07m

Parlamento venezuelano declara que Nicolás Maduro é culpado pela crise no país

Agência Ansa/Agência Brasil 

Caracas - A Assembleia Nacional da Venezuela, cuja maioria é contrária ao governo atual, declarou ontem (13) a responsabilidade política do presidente Nicolás Maduro pela "grave" ruptura da Constituição, a violação dos direitos humanos e, principalmente, pela crise econômica e política que assola o país. As informações são da Agência ANSA.

O Parlamento deve dar início uma audiência preliminar sobre o assunto devido aos "feitos puníveis" que Maduro realizou durante sua gestão e avançar mais uma vez na questão da sua renúncia e da convocação de novas eleições presidenciais. A decisão parlamentar, no entanto, não tem capacidade real de tirar o presidente do cargo.

"Não nos resta a menor dúvida de que o presidente Maduro tem responsabilidade política", afirmou o líder do Parlamento, Henry Ramos Allup.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro