São Paulo, SP, 19/06/2018
 
16/12/2016 - 13h07m

Pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, é alvo de operação da Polícia Federal

Agência Brasil/Paula Laboissière* 

Rio de Janeiro - O pastor da Igreja Assembleia de Deus Silas Malafaia é alvo da Operação Timóteo, da Polícia Federal. A informação é da assessoria de imprensa do religioso que confirmou que há um mandado de condução coercitiva em nome de Malafaia.

Por meio de seu perfil na rede social Twitter, o pastor disse que foi acordado na manhã de hoje por um telefonema que informava que a corporação havia estado em sua casa. “Estou em São Paulo e vou me apresentar”, garantiu.

Em outro post, ele explicou que recebeu um cheque no valor de R$ 100 mil de um amigo também pastor. “Não sei e não conheço o que ele faz. Tanto é que o cheque foi depositado em conta. Por causa disso sou ladrão?”, questionou.

Ainda em seu perfil no Twitter, Malafaia disse receber ofertas de inúmeras pessoas e que declara todos os valores por meio do imposto de renda. “Quer dizer que, se alguém for bandido e me der uma oferta, sem eu saber a origem, sou bandido?”.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro