São Paulo, SP, 20/06/2018
 
26/06/2016 - 02h02m

Perícia afirma que falta de freios de ônibus causou morte de 17 estudantes em rodovia

Agência Brasil/Elaine Patricia Cruz 

São Paulo - O laudo pericial sobre o acidente ocorrido no dia 8 de junho na Rodovia Mogi-Bertioga, que provocou a morte de 18 estudantes, diz que o veículo trafegava em velocidade acima da permitida na via e tinha falha no freio. Elaborado pelo Núcleo de Física do Instituto de Criminalística, o laudo foi divulgado na noite de ontem (25) pelo secretário de Segurança Pública Mágino Alves Barbosa Filho.

“A conclusão é de que o veículo trafegava numa velocidade acima da máxima permitida na via e que o exame dos freios concluiu que eles apresentavam deficiência na frenagem devido ao desgaste excessivo dos tambores dianteiros, que deveriam ter sido substituídos por novos, demonstrando manutenção inadequada”, disse o secretário.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro