Phelps ganha 200m medley e fecha noite com 22 medalhas de ouro; Thiago fica em sétimo - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 15/08/2018
 
11/08/2016 - 23h50m

Phelps ganha 200m medley e fecha noite com 22 medalhas de ouro; Thiago fica em sétimo

Agência Hoje 

Rio de Janeiro (Agência Hoje) - O norte-americano Michel Phelps ganhou na noite desta quinta-feira, 11, a sua 22ª medalha olímpica de ouro ao vencer a prova de 200m medley. O tempo obtido foi de 1m54s66. Esta foi a quarta vitória do nadador na mesma prova, fato inédito na história dos Jogos Olímpicos.

Menos de 30 minutos após conquistar a medalha de ouro nos 200m medley, Michel Phelps garantiu a classificação para disputar nesta sexta-feira, 12, a final dos 100 metros borboleta. A torcida, formada em sua maioria por brasileiros e norte-americanos, gritava nas arquibancadas. Todos ficaram impressionados com a resistência.

Com o resultado nos Jogos Rio 2016, Michael Phelps mantém sua posição de atleta com o maior número de medalhas. Ao todo, são 26, sendo 22 de ouro, duas de prata e duas de bronze.

A medalha de prata ficou com o japonês Kosuke Hagino, enquanto o chinês Wang Shun levou o bronze.

Vai Thiago

O brasileiro Thiago Pereira foi bem nos primeiros 150 metros e chegou a ficar em segundo, mas na reta final cansou e caiu para o sétimo lugar, fechando a prova com o tempo de 1m58s02. A família do nadador se retirou do estádio logo após a chegada e demonstrou surpresa com o resultado.

Thiago Pereira foi muito rápido no começo de prova no nado borboleta, superou Phelps e virou na frente na primeira etapa. Ao final dos 100 metros, o brasileiro ficou em segundo e começou a terceira perna da prova ainda com chances de medalha. Contudo, nos últimos 50 metros, no nado livre, o desempenho do brasileiro caiu muito. Cansado, foi sendo ultrapassado e chegou em sétimo, com o tempo de 1:58.02.

Em rápida entrevista ao canal de televisão SportTV, Thiago Pereira disse que "fiz o máximo que eu podia fazer", sem se referir a queda de rendimento nos últimos 50 metros, já no nado livre, quando caiu do segundo lugar para o sétimo.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro