São Paulo, SP, 16/10/2018
 
08/02/2015 - 11h24m

Pingo de Ouro: arbusto de aspecto colorido, alegre e muito versátil

Agência Hoje/Sandra Vieira de Mello* 
Arquivo Pessoal/Sandra Vieira de Mello
As pequenas flores roxas entre a folhagem do Pingo de Ouro
As pequenas flores roxas entre a folhagem do Pingo de Ouro
  • O Pingo de Ouro requer podas frequentes
  • O crescimento do arbusto é rápido e irregular

São Paulo - Em um simples passeio por qualquer cidade do Brasil podemos observar, nos jardins, um toque de alegria nas folhas amarelas do Pingo de Ouro. Arbusto denso e vibrante, o Pingo de Ouro é uma planta de crescimento rápido e que não exige muitos cuidados. Amiga do sol, terá folhas mais douradas e viçosas quanto mais exposta estiver à luz direta.

O Pingo de Ouro surgiu de uma mutação da Violeteira, arbusto que fornece pendão de pequenas flores de cor roxa, azul ou branca. A Violeteira chega a atingir cinco metros de altura e é realmente muito semelhante ao Pingo de Ouro.

Poda

Pela rapidez de crescimento do Pingo de Ouro, é uma boa escolha para quem tem pressa. Por esse mesmo motivo requer podas mais frequentes do que os arbustos de crescimento mais lento.

O arbusto chega a atingir, se não podado, mais de dois metros de altura, produz pequenas flores e frutos arredondados e amarelos que atraem variedades de passarinhos.

A poda do Pingo de Ouro é fácil se for realizada logo que a planta atinja o tamanho que se pretende. Depois dessa fase, o caule lenhoso pode trazer algum trabalho adicional à tarefa. Além disso, há alguns espinhos que exigem cuidados no manuseio da planta durante a poda.

Plantio

O plantio do Pingo de Ouro é feito através de mudas ou estacas, em covas com utilização de bastante adubo orgânico e rega abundante. O solo deve ser permeável e deve-se tomar cuidado para a muda não encharcar. Se optar por estaquamento, escolha estacas de 10 a 15 cm e retiradas das ponteiras da planta, pois são mais fáceis de enraizar. Necessita de muito sol para bom desenvolvimento.

Por essas características o Pingo de Ouro é muito utilizado para plantio em fileiras, como cerca viva e em bordaduras, sendo um bom arbusto para a topiaria, que é a arte da poda. É utilizado também como bonsai.

Ficha Técnica

Nome Científico: Duranta erecta aurea

Nomes Populares: Pingo-de-ouro, Duranta, Violeteira, Violeteira-dourada

Família: Verbenaceae

Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Árvores, Bonsai, Cercas Vivas

Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical

Origem: América do Sul, Brasil

Altura: 2 a 3 metros

Luminosidade: Sol Pleno

Ciclo de Vida: Perene

* Sandra Vieira de Mello, CAU A16373-2 é Arquiteta e Urbanista. Contribuições para esta Editoria podem ser encaminhadas para o e-mail: hoje.sandra@gmail.com

Leia também

hojesaopaulo.com.br/noticia/primavera-uma-planta-vigorosa-de-flores-coloridas-e-delicadas/8299

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro