Polícia Civil e MPE prendem advogados suspeitos de ligação com crime organizado - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 18/08/2018
 
22/11/2016 - 15h21m

Polícia Civil e MPE prendem advogados suspeitos de ligação com crime organizado

Agência Brasil/Marli Moreira 

São Paulo - A Polícia Civil deflagrou hoje (22) a Operação Ethos que inevstiga uma organização criminosa que atua no sistema penitenciário do estado de São Paulo. Segundo as investigações, a organização é formada por advogados e presos.

Entre os detidos nesta manhã, está o vice-presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe), Luiz Carlos dos Santos. Ele é suspeito de ter recebido R$ 130 mil de uma facção para "desestabilizar a Secretaria da Segurança Pública (SSP) por meio de falsas denúncias aos organismos de proteção dos direitos humanos".

Ele e mais 40 advogados são alvos dos mandados de prisão da Operação Ethos, desencadeada em conjunto pela Polícia Civil de São Paulo e o Ministério Público Estadual (MPE).

Os trabalhos de investigação coordenados pela Polícia Civil, de Presidente Prudente (SP), começaram há um ano e foram identificados o envolvimento de 55 pessoas. Até às 10h30, tinham sido detidos 33 suspeitos, dos quais 31 advogados. Segundo a Polícia Civil, entre os envolvidos, 14 são presos do Sistema Penitenciário Paulista e seriam os líderes de uma célula criminosa denominada R.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro