São Paulo, SP, 20/06/2018
 
25/12/2016 - 11h13m

Polícia da Tunísia prende célula terrorista comandada por sobrinho de Anis Amri

Agência Ansa/Agência Brasil 

Túnis - A polícia da Tunísia desmantelou uma célula terrorista e prendeu três pessoas, uma delas o sobrinho de Anis Amri, apontado como o autor do atentado contra o mercado de Natal de Berlim, na Alemanha. De acordo com o Ministério do Interior tunisiano, os três membros da célula têm entre 18 e 27 anos de idade e operavam em Fouchana e Queslatia.

O sobrinho de Anis Amri confessou, em interrogatório à polícia, ter conversado com seu tio pelo aplicativo de mensagens Telegram. O jovem contou que Anis Amri o recrutou e o convenceu a adotar a ideologia takfirista, de tendência extremista sunita, ligada ao grupo jihad, e que acusa outros muçulmanos de apostasia.

O rapaz também confessou à polícia que Anis Amri enviou dinheiro e documentos falsos para que ele conseguisse viajar à Alemanha e se unir à celula terrorista do Estado Islâmico (EI) no país, a de Abou Al Wala.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro