São Paulo, SP, 18/08/2019
 
09/06/2012 - 23h19m

Polícia encontra corpos de casal desaparecido desde a última terça-feira em Diadema

Folhapress 

SÃO PAULO, SP (Folhapress) - A polícia encontrou hoje os corpos do casal que desapareceu após sair para comprar um terreno, na manhã de terça-feira, em Diadema (Grande São Paulo). A informação é do "SPTV", da TV Globo. O principal suspeito do crime prestou depoimento hoje à polícia e teve a prisão decretada pela Justiça por 30 dias.

O pintor Adenilson Alves, 57, e a babá Leila Elisabete de Oliveira Alves, 41, contaram aos familiares, na segunda, que comprariam um terreno na região de Parelheiros (zona sul da capital paulista) no dia seguinte.

O pintor sacou R$ 6.000 e disse para seus parentes que o terreno custava R$ 15 mil, mas seria vendido por R$ 12 mil caso o pagamento fosse feito em dinheiro. Na terça, o casal saiu de casa pela manhã, no bairro Jardim Inamar, para encontrar o vendedor da propriedade. Leila e Alves não voltaram para casa.

O suspeito, Gabriel Lima de Albuquerque, 27, foi condenado por homicídio em 2003 e está foragido desde então -ele cumpria pena em regime semiaberto.

Segundo Albuquerque, os corpos foram jogados em um poço em Parelheiros. O carro do casal teria sido incendiado. Outro suspeito foi preso hoje.

Imagens da câmera de segurança do banco revelam que, após o desaparecimento do casal, ao menos duas pessoas diferentes sacaram R$ 3.000 da conta de Alves. As imagens foram divulgadas pelo telejornal "Bom Dia São Paulo", da Globo.

Os suspeitos fizeram três retiradas de R$ 1.000 cada -na terça, dia do desaparecimento, quarta-feira e anteontem.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro