Polícia Federal prende 5 dirigentes da CBDA por suspeita de desvio de R$ 40 milhões - Hoje São Paulo
São Paulo, SP, 18/08/2018
 
06/04/2017 - 10h23m

Polícia Federal prende 5 dirigentes da CBDA por suspeita de desvio de R$ 40 milhões

Agência Brasil/Marli Moreira 

São Paulo - A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (6) a operação Águas Claras, que apura um esquema de desvio de recursos públicos repassados à Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), envolvendo cerca de R$ 40 milhões.

Cinco pessoas foram presas e quatro levadas, coercitivamente, para prestar esclarecimentos nas unidades do órgão em São Paulo e no Rio de Janeiro, em cumprimento à determinação da 3ª Vara Criminal Federal de São Paulo. Foram cumpridos ainda 16 mandados de busca e apreensão.

Segundo nota da PF, as investigações começaram a partir de denúncias de atletas, ex-atletas e empresários do ramo esportivo brasileiro. As investigações estão sendo desenvolvidas em conjunto com o Ministério Público Federal e com a participação da Controladoria Geral da União.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro