São Paulo, SP, 23/06/2018
 
14/03/2017 - 11h11m

Polícia Federal prende altos funcionários do Governo por corrupção na Linha 4 do Metrô

Agência Brasil/Vinícius Lisboa 

Rio de Janeiro - A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (14) dois mandados de prisão preventiva por suspeita de corrupção na construção da Linha 4 do metrô do Rio de Janeiro. Os suspeitos presos são o subsecretário estadual de Turismo, Luis Carlos Velloso, e o diretor da Companhia de Transportes sobre Trilhos do Estado do Rio de Janeiro, Heitor Lopes de Sousa Junior.

Os 40 policiais envolvidos na operação cumprem também 13 mandados de busca e apreensão e três mandados de condução coercitiva, expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal, no Rio.

Segundo a PF, os suspeitos participam de um grupo criminoso responsável por cobrar propina e lavar dinheiro em obras que incluem a Linha 4, que liga Ipanema à Barra da Tijuca.

Os dois presos seriam responsáveis por procurar empreiteiras para executar obras, cobrando de vantagens indevidas. Eles serão indiciados por corrupção e lavagem de dinheiro e encaminhados ao sistema prisional do estado.

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro