São Paulo, SP, 20/06/2019
 
06/07/2014 - 15h39m

Polícia Federal prende torcedor argentino líder dos barrabravas assistindo jogo tranquilamente

Agência Brasil/Daniel Lima 

Brasília - A Polícia Federal prendeu neste sábado (5), no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, o torcedor argentino Pablo Álvarez, conhecido como líder barrabrava. Segundo o Ministério da Justiça, ele será deportado para a Argentina depois de esclarecimentos às polícias federais do Brasil e da Argentina.

Os barrabravas são torcedores argentinos conhecidos por confrontos e atitudes violentas. No momento da prisão, Álvarez estava com o cabelo pintado de verde e amarelo e vestia uma camiseta do Flamengo.

As autoridades policiais dos dois países vinham atuando em cooperação para identificar Álvarez que consta na lista de 2 mil argentinos com histórico de violência impedidos de entrar no Brasil.

A identificação do estrangeiro contou com trabalho de inteligência da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça, da Polícia Federal e da polícia argentina.

O Mané Garrincha foi palco da partida entre Argentina e Bélgica, pelas quartas de final da Copa do Mundo. A seleção argentina venceu o jogo por 1 a 0 e disputará a semifinal, em São Paulo, na próxima quarta-feira (9).

Hoje São Paulo

© 2012 - Hoje São Paulo - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare e Rogério Carneiro